Noticias SRU

Há vida no Centro Histórico

DONUTS ARTESANAIS

Cheira bem, cheira a Viseu... e a donuts, caseiros e fofos! Sente o aroma? Aproxime-se e conheça o negócio mais recente instalado no Centro Histórico de Viseu.

No emblemático Centro Comercial Ecovil, o primeiro “shopping” da cidade, é na loja 24 que a magia acontece e a criatividade, essa, não tem limites. É que alguns dizem que primeiro estranha-se, mas depois entranha-se. E as famosas roscas da Alexandra são um mimo a quem já ninguém resiste, nem mesmo os mais céticos.

O nome “Donuts Artesanais” é-lhe familiar? Ainda não? Então está na altura de rumar ao Centro Histórico e fazer uma visita à loja 24 do Centro Comercial Ecovil. Não é difícil de encontrar, especialmente se o seu olfato for dos mais apurados. A montra é traiçoeira: oito roscas, de coberturas várias e tentadoras, estão cuidadosa e criativamente expostas em ratoeiras. Mas avance, sem medos, elas não mordem. Lá dentro, há uma arte que se cria e uma mente inquieta e repleta de ideias, que adora “mimar” e surpreender os seus clientes.

Alexandra Rebelo, nascida e criada em terras de Viriato, domina, para além dos segredos da massa, a arte de bem receber. De administrativa a cozinheira, as voltas da vida fizeram dela pasteleira, não por uma paixão obsessiva por doces mas antes pela liberdade criativa que esta nova aventura lhe proporciona. E que aventura! Um rodopio que não mais abrandou desde que o seu pequeno “filho” nasceu, pouco antes do Natal passado. É visível, em poucos minutos de conversa, o entusiasmo e o amor pelo seu projeto assim como pelo seu pequeno e peculiar refúgio criativo, simples e acolhedor, decorado e aprimorado a gosto. Depois de uma procura pelo espaço perfeito, foi no Centro Histórico que se enamorou pela loja onde hoje dá asas à imaginação. “Apaixonei-me logo pela loja. Nunca escolheria a periferia, acho que devemos valorizar a zona antiga da cidade e contribuir para a sua dinamização.”

Quando se instalou, cedo os olhares curiosos dos outros inquilinos percorreram o espaço, em busca da nova vizinhança. Desconfiados ao início, rendidos minutos mais tarde, depois de provarem e aprovarem os donuts da “Xana”, como é carinhosamente apelidada pelos amigos. Diz ela, perfecionista na sua criação, que no primeiro dia a confeção não saiu a seu gosto. Faltava-lhe a tal qualidade, da qual humildemente se regozija ter alcançado e luta para manter. A arte da massa dos donuts tem os seus truques e não é o tempo que se sobrepõe a ela, mas antes ela que rege o seu tempo. “A massa é muito delicada. Tem um tempo exato para amassar, levedar e fritar. Todo o processo leva cerca de duas horas”. Dicas de uma autodidata, que antes de avançar com o negócio, investiu muito do seu tempo em pesquisas para alcançar a “cereja no topo do bolo”.

Na loja, Alexandra confeciona cerca de 60 a 70 donuts por dia. A lista é apetecível: quatro sabores base – açúcar e canela, nutella, doce de leite e caramelo – e quatro surpresas todas as semanas. Há invenções improváveis, coberturas irresistíveis e casamentos perfeitos. Há até pedidos para segundas edições, como o de maçã e canela, e quem garanta que nem as maçãs lhe faltam para colocar mãos à obra, não vá o diabo tecê-las. A acompanhar um tempo de qualidade, há chá, café ou limonada e a simpatia de Alexandra, que entre ideias infindáveis e novos projetos na forja, não esconde um certo brilho nos olhos com a recetividade positiva por parte dos viseenses. “Tenho sido muito acarinhada e há pessoas que vêm todas as semanas experimentar os novos sabores”. Se ainda não provou esta pequena dose de felicidade, sinta-se convidado e faça uma visita à loja. O recanto das roscas de mil e uma coberturas, made in Viseu by Alexandra, está aberto de terça-feira a sábado, entre as 13 horas e as 19 horas.

Acompanhe esta nova aventura no Facebook, em "Donuts Artesanais".