Noticias SRU

Notícias

Viseu vai projetar novo parque de estacionamento

A Câmara Municipal de Viseu deliberou hoje avançar com a elaboração do projeto de construção de um novo parque de estacionamento no Centro Histórico. O local escolhido situa-se junto à estação superior do funicular. O projeto será desenvolvido através da Sociedade de Reabilitação Urbana (SRU) Viseu Novo durante 2015. A capacidade do parque deverá situar-se entre os 60 e os 80 lugares.

Para o Presidente da Câmara, Almeida Henriques, “o estacionamento automóvel no Centro Histórico é uma peça central da qualidade de vida e da atratividade do coração da cidade. Queremos tornar mais simples a vida de quem mora, de quem visita e de quem trabalha no Centro Histórico, e precisamos também de libertar praças emblemáticas do estacionamento e tráfego automóvel, melhorando todo o ambiente envolvente.”

A infraestrutura fará parte da rede de parques de estacionamento preconizada no plano de ação para a revitalização do Centro Histórico “VISEU VIVA”, com objetivos de melhoria da mobilidade, do ambiente e da qualidade de vida.

A Câmara de Viseu aprovou também hoje a elaboração de um projeto de regeneração da infraestrutura do Mercado Municipal de Viseu (Mercado 21 de Agosto). O seu desenvolvimento será também assegurado pela SRU.

Nas palavras de Almeida Henriques, “a revitalização do Mercado Municipal depende de uma melhoria radical das suas condições de funcionalidade, de frequência e de visita ao longo de todo o ano. Não desistimos de valorizar os produtos e produtores locais cem uma infraestrutura eficiente, confortável e atrativa para vendedores e clientes”.

Na reunião realizada esta manhã, a Câmara Municipal deliberou ainda aprovar o modelo de alienação da participação social do Município na Sociedade GESTIN Viseu, sociedade gestora do parque industrial de Mundão. Em termos sumários, a Câmara permutará a sua participação no capital da sociedade com três lotes naquele parque, para os quais tem perspetivas de atração e instalação de unidades empresariais. “É uma solução simples e muito favorável para o Município”, considera o Presidente da Câmara. A deliberação foi aprovada por unanimidade.

A Câmara Municipal deliberou ainda a atribuição de um apoio direto de 26 mil euros à organização das tradicionais Cavalhadas de Vildemoinhos (18.600 euros) e de Teivas (7500 euros). Complementarmente, a Câmara compromete-se a apoiar a organização dos eventos através de isenções de taxas, apoio logístico diverso e promoção.

Segundo o Presidente da Câmara, “as Cavalhadas são uma tradição cultural e histórica distintiva de Viseu. A sua qualificação e promoção nacional são o que melhor o Município pode desejar. Há um caminho a fazer neste sentido e estes apoios inserem-se neste objetivo”.