Noticias SRU

Notícias

Viseu vai fazer retrato coletivo de meio milhar de edifícios do seu Centro Histórico

Iniciativa única acontece este sábado. Registo fotográfico e caracterização técnica sumária serão realizados por 180 profissionais e estudantes de todo o país

Viseu recebe este sábado, 19 de Novembro, uma iniciativa singular e inovadora. 180 profissionais, professores e estudantes das áreas da engenharia, da arquitetura e do património, vindas de todo o país (especialmente de Viseu, Coimbra, Porto, Aveiro, Braga, Vila Real, Covilhã, Castelo Branco, Leiria, Guarda e Lisboa), irão produzir um retrato coletivo a 486 edifícios do seu Centro Histórico, juntando um levantamento fotográfico a uma caracterização técnica sumária desse edificado.

A iniciativa, batizada de “FREEZE VISEU”, está integrada no projeto municipal “Viseu Património”, voltado para a investigação, a proteção e a valorização do património cultural de Viseu, coordenado por Raimundo Mendes da Silva a convite do Presidente da Câmara, Almeida Henriques.

O “FREEZE VISEU” constitui, assim, um instantâneo coletivo à escala do Centro Histórico, de observação e registo técnico e fotográfico da “zona especial de proteção” da Sé de Viseu, e simultaneamente um momento de valorização social e pública do património edificado do coração do Centro Histórico da cidade.

O “retrato” será multidimensional, registando aspetos diversos da traça e da identidade do edificado, num único dia, entre as 10 e as 18 horas. O ponto de encontro será o Auditório Mirita Casimiro.

A participação no “FREEZE VISEU” é gratuita, com inscrição prévia obrigatória, enviando email para o viseupatrimonio@cmviseu.pt com indicação de nome, idade, formação, situação profissional, email e telemóvel e ainda a instituição ou entidade que integra (quando aplicável).

Mais informações aqui: http://www.cm-viseu.pt/doc/Eventos/2016/VIFREEZENOV2016.pdf